Você conhece o Ellansé?

É um novo tratamento de preenchimento facial queridinho do momento! O Ellansé é diferente dos outros procedimentos de preenchimento, pois ele garante uma biorreabsorção única em toda a pele, garantindo resultados duradouros e de aparência natural, e o mais importante, um procedimento seguro.

O colágeno 

O colágeno é uma das mais importantes proteínas estruturais que se encontra naturalmente na pele, é ela que ajuda a manter a firmeza, elasticidade e flexibilidade apropriadas, e ao longo do tempo a pele perde gradativamente o colágeno natural, o que leva à falta de firmeza facial e à formação de rugas e linhas de expressão.

O tratamento pode ser feito no sulco nasolabial (mais conhecido como bigode chinês), nas linhas do queixo, lifting do arco da sobrancelha, reposição do volume das bochechas e também nas mãos.

A aplicação é simples, por se tratar de um procedimento minimamente invasivo, é uma aplicação de anestésico local. A recuperação é rápida, o paciente jé pode voltar a fazer quase todas as suas atividades normais, evitando apenas banhos quentes, exercícios por 24 horas após aplicação e usar bastante protetor solar, além de não se expor ao sol por um período de 7 dias.

Uma das grandes vantagens do Ellansé é o tempo de duração do seu efeito. Ele pode ser encontrado em diversas versões que podem durar até quatro anos, que são: Ellansé -S (1 ano), Ellansé-M (2 anos), Ellansé L (3 anos) e Ellansé- E (4 anos).
Normalmente os preenchimentos duram entre 1 e 2 anos, como é o caso do ácido hialurônico e a possibilidade de uma duração maior é uma ótima opção para quem quer resultados mais longos.

Ficou interessada? A Clínica Estela van Melis faz o procedimento Ellansé entre outros serviços, sempre com ética e profissionalismo com os melhores produtos.

Entre em contato conosco e agende sua consulta!

SPA Estela Van Melis e UV Line em Avaré

O SPA Estela Van Melis já é um sucesso e todo mundo já sabe!
Cada detalhe foi pensado para melhor atender nossas queridas clientes de Avaré e região, além dos procedimentos que oferecemos em nosso SPA, inauguramos nossa loja de produtos UV Line.

Além de filtros solares e tratamentos para a pele da ADCOS, nós oferecemos também chapéus, roupas e acessórios para adultos e crianças de todas as idades.

Você conhece a UV Line?

A UV Line é uma linha acessórios e roupas com proteção da radiação solar UV.
A radiação ultravioleta ao entrar em contato com nossa pele desencadeia diversas reações como queimaduras, envelhecimento cutâneo e câncer de pele. Com isso a UV Line criou uma linha feita especialmente para a proteção da radiação prejudicial a nossa saúde, com roupas e acessórios.

Os tecidos da UV Line, são selecionados e recebem um tratamento diferenciado, garantindo o bloqueio de até 98% da radiação solar. Com isso eles são uma alternativa à proteção solar em forma de vestuário.

Protetor solar e roupas com proteção UV. Qual a diferença?

O filtro solar protege contra queimaduras, e é recomendado ser reaplicado a cada duas horas. Bloqueia os raios UVB, porém, não é eficaz contra os raios UVA. Já os tecidos UV Line, possuem FPT (Fator de Proteção Ultravioleta) 50+, o que garante o bloqueio de 98% dos raios UVA e UVB.

A preocupação com a nossa saúde deve ser diária. Todo o cuidado é pouco e não apenas no verão como também no inverno. Nós do SPA Estela Van Melis priorizamos o cuidado e bem estar que nossa pele e corpo merecem.

Não deixe de aproveitar o verão no melhor estilo.

Conheça nosso SPA e aprecie os bons momentos.

 

Você já ouviu falar em Flacidez Tissular?

Você sabe o que é Flacidez Tissular?

A hipotonia tissular é nada mais do que flacidez da pele, ela é uma das disfunções estéticas mais comuns.

A Flacidez pode ter várias causas como o resultado de envelhecimento e extrínsecas, como um processo excessivo de emagrecimento “efeito sanfona”, gestações, sol, má alimentação e até tabagismo.

flacidez, é caracterizada pela falta de fibras e de sustentação da pele, o colágeno e elastina.

Na flacidez tissular, a pele perde a sua elasticidade, e com isso, o aspecto inestético é inevitável.

Aparece geralmente a partir dos 30 anos e em partes bem visíveis do corpo: como abdômencoxasglúteosrosto e braços.

Sabe aquela sobrinha de pele na parte posterior do braço, no tríceps, que balança quando damos “tchauzinho”? Ou aquela dobra estranha da pele no abdômen? São consequências de uma pele flácida.

Como avaliar?

A avaliação é feita pela inspeção visual, pois o tecido apresenta dobras e vincos. É por meio de pinçamento que se pode perceber a diminuição da tensão e consistência do tecido da pele.

É preciso fazer o “teste de prega”, uma manobra que consiste em fazer uma prega com os 3 primeiros dedos da mão, abrangendo uma boa quantidade de tecido. Segure a prega por uns 3 segundos e solte, observando o tempo para retorno à configuração de repouso. Se demorar muito para voltar a normalidade, há flacidez.

 

Objetivos do tratamento

– promover a revitalização tecidual
– ativar o metabolismo
– restabelecer equilíbrio biológico celular
– estimular a perfusão tissular do oxigênio e do fibroblasto
– aumentar a produção de colágeno.

 

A flacidez pode ser tratada com vários aparelhos, como a radiofrequência, a microcorrentes ou a vacuoterapia – além de massagens e cremes com ativos firmantes. Ideal montar um protocolo de acordo com a queixa principal de sua cliente.

Faça uma avaliação conosco e se prepare para o verão! A Clínica Estela Van Melis, cuida de você!

A importância da alimentação para a saúde da sua pele

Você cuida bem da sua pele?

Sabe aquela frase que beleza se põe na mesa? Pois é verdade! Portanto, a beleza da sua pele começa quando você tem uma alimentação saudável.

Todos nós sabemos a importância de uma boa alimentação e sem excessos.

A cada dia são descobertos vários benefícios que os alimentos nos proporcionam e que transformam a pele, os cabelos e as unhas em fortes aliados da beleza, além disso, ajuda também na saúde.

A alimentação e estilo de vida exercem um papel importante na estética facial e corporal, para ter uma pele bonita e hidratada nada melhor do que aproveitar os alimentos ricos em fibras, vegetais, frutas, legumes, leite e derivados magros.

Além de possuírem importantes vitaminas e minerais que protegem dos radicais livres, eles contribuem no funcionamento do intestino.

Para ter uma pele lisinha e jovem evite o excesso de alimentos gordurosos como, carne vermelha, carboidratos, bebidas alcoólicas, chocolates e entre outros.

Eles são grandes vilões que favorecem a obstrução das glândulas sebáceas, desenvolvendo acnes e o envelhecimento da pele.

A Importância da água

 

Para ter a pele mais bonita, macia e luminosa é necessário ingerir muito liquido.

A hidratação é de dentro para fora. Ela tem uma importante função de proteção, estruturação e revestimento que a torna aliada na prevenção da celulite e do envelhecimento precoce.

Deixa os cabelos mais brilhantes, macios e resistentes às agressões externas, como poluição, sol e químicas, e as unhas também se manterão mais fortes e vão crescer rapidamente.

Fizemos uma lista com alguns hábitos e atitudes diárias para deixar a sua pele mais bonita e saudável:

  • Manter uma alimentação saudável, com muitas frutas, legumes e verduras
  • Evitar o consumo de açúcar e alimentos gordurosos
  • Beber 2 litros de água por dia, isso ajuda a hidratar a pele de dentro para fora, além de purificar o organismo;
  • Dormir em média 8 horas todas as noites;
  • Evitar bebias alcóolicas
  • Não fumar
  • Não sair de casa sem o filtro solar, mesmo em dias nublados ou chuvosos porque sempre é necessário
  • Consultar sempre sua dermatologista. Ela é a pessoa mais adequada para te orientar e deixar a saúde da sua pele sempre em dia!

Quer conhecer nossos procedimentos? Entre em contato conosco

Conheça os tipos de psoríase e seus sintomas

A psoríase é uma doença na qual as células da pele se acumulam e formam escamas e manchas secas que causam coceira.

Trata-se de uma condição crônica, que pode durar anos ou a vida inteira. Ainda não se sabe o que a causa, porém acredita-se que tenha fatores hereditários.

Esse problema cutâneo não é contagioso, e o mais comum é que surja antes dos 30 ou após os 50 anos. Atualmente, 1% a 3% da população mundial possui psoríase.

Há diversos tipos de psoríase. É importante atentar aos sintomas de cada um deles para poder obter o diagnóstico adequado e proceder com o tratamento indicado pelo médico.

Os tipos de psoríase e seus sintomas

Psoríase em placa: essa é a forma mais comum da doença. Costuma atingir regiões como os joelhos, cotovelos, costas e couro cabeludo. O tipo em placa atinge cerca de 80% das pessoas que possuem dermatose.

**Dermatose é um conjunto de doenças da pele, caracterizado por manifestações alérgicas persistentes, cujos sintomas são: formação de bolhas, coceira, inflamações e escamação da pele**

Psoríase do couro cabeludo: a condição dessa variação é a mesma que a em placa, e atinge entre 50% a 80% das pessoas que possuem a doença. Sua intensidade pode variar de leve a muito grave.

Psoríase pustulosa: esse tipo ocorre por dois fatores – em decorrência da complicação da psoríase em placa ou devido ao tratamento interrompido da doença. Esse tipo aparece em por volta de 5% das pessoas que possuem a doença.

Psoríase inversa: esse é o tipo menos comum da doença, e ocorre em forma de manchas vermelhas, brilhantes e lisas em torno das dobras da pele, normalmente em regiões como as axilas, virilha e sob os seios.

Psoríase eritrodérmica: também é um dos tipos mais raros, além de ser um dos mais graves! Ocupa todo o corpo e pode até mesmo comprometer a proteção da pele. Essa variação pode aparecer de forma vermelha e escamosa.

Artrite psoriásica ou psoríase artropática: pode se estimar que pelo menos 30% das pessoas que possuem a doença também desenvolvem esse tipo de artrite. Ela é caracterizada por rigidez, dor e inchaço em torno das articulações.

Quais são as causas?

Como dito anteriormente, ainda não foi descoberta uma causa específica para o surgimento da doença.

Acredita-se, porém, que a genética tem grande influência em, pelo menos, 30% dos casos de quem possui psoríase.

Além disso, estudos indicam que há alguns fatores que podem ajudar a desencadear a doença, tais como:

*Infecções de garganta e pele
*Lesões na pele
*Estresse
*Variações climáticas
*Fumo
*Excesso de consumo de bebidas alcoólicas
*Determinados tipos de medicamentos, como antidepressivos
*Alterações bioquímicas

Como se prevenir da psoríase?       

Por mais que não haja uma maneira segura de se prevenir contra a doença, acredita-se que manter a pele sempre limpa e hidratada já é um ótimo passo para evitá-la.

Evitar o consumo em excesso de álcool e tabaco pode ajudar na prevenção da psoríase. O estresse e a exposição constante ao frio também devem ser evitados.

Possui um ou mais dos sintomas citados anteriormente? Então entre em contato conosco e marque uma consulta com a nossa dermatologista.

Você conhece a foliculite? Conheça seus principais sintomas

A foliculite e uma infecção na pele que se inicia nos folículos pilosos.

Normalmente é motivada por uma infecção bacteriana, mas também pode ser causada por vírus ou até mesmo pela inflamação de pelos encravados.

Na maioria dos casos a foliculite é superficial, mas pode causar dores e coceiras.

A foliculite superficial normalmente se cura sozinha. Em casos mais graves, no entanto, é necessário consultar um dermatologista para evitar consequências como perda de pelo e cicatrizes.

Confira a seguir os sintomas da foliculite para poder identificá-la.

Os principais sintomas e as causas da foliculite

Nos casos superficiais, ela afeta apenas a parte superior do folículo piloso.

Os sintomas são: surgimento de pequenas espinhas vermelhas, com ou sem pus. A pele pode ficar avermelhada e inflamada, com coceira e sensibilidade na região.

Os casos de foliculite que apresentam complicações são mais raros, e acontecem quando a inflamação atinge áreas mais profundas da pele. Nessas circunstâncias, pode haver a formação de furúnculos.

Os sintomas são: grandes áreas avermelhadas e lesões elevadas com pus amarelado. As partes atingidas ficam muito sensíveis e extremamente doloridas, apresentando casos de dores intensas.

Atenção para áreas avermelhadas e com pus. Isso pode ser sintoma de foliculite!

Atenção para áreas avermelhadas e com pus. Isso pode ser sintoma de foliculite! (Créditos da imagem: Casa Saudável)

As cicatrizes são maiores nos casos mais graves, podendo haver a destruição dos folículos pilosos.

Qualquer pessoa pode vir a desenvolver a foliculite, mas alguns fatores podem ser “agravantes” ou tornar a pessoa mais suscetível a essa doença.

Pessoas portadoras de doenças que comprometam a imunidade (como diabetes e leucemia crônica, por exemplo) têm maiores chances de ter foliculite.

A acne e a dermatite, o uso de medicamentos (como cremes de corticóide ou terapia antibiótica a longo prazo) e o sobrepeso também podem ser alguns dos agravantes, entre outros fatores.

Como tratar?

Quem costuma raspar os pelos do corpo com lâminas de barbear possui mais chances de enfrentar os sintomas da foliculite.

Isso porque ela é causada muitas vezes por machucados causados na pele, que podem ter contato com bactérias, vírus, etc. O uso de lâminas de barbear favorece, e muito, esse tipo de ferimento.

O uso de lâminas de barbear pode contribuir para o surgimento dos sintomas da foliculite

O uso de lâminas de barbear pode contribuir para o surgimento dos sintomas da foliculite

Uma boa alternativa, nesse caso, é optar pela depilação a laser.

Com ela, você se vê livre dos pelos que te incomodam e não dá bobeira para machucados que possam favorecer o surgimento dos sintomas da foliculite.

A depilação a laser é indicada tanto para homens quanto mulheres, e é a melhor resposta para quem busca a eliminação dos pelos de modo eficaz.

Além de ser um procedimento indolor, oferece também uma solução a longo prazo para quem quer se livrar de vez dos pelos.

A Clínica Estela Van Melis é a primeira em Avaré a disponibilizar o tratamento com o Motus AX, a revolução em depilação a laser.

Além de ser indolor e mais seguro, esse método também requer menos sessões para que os pelos sejam eliminados!

Gostou? Entre em contato conosco, agende hoje mesmo sua sessão de depilação com o Motus AX e se livre de uma vez por todas dos pelos incômodos!

Câncer de pele: O que é, sintomas e sinais

Com a chegada do verão, os raios solares ficam bem mais intensos, o que aumenta o risco do câncer de pele. Por esse motivo, é importantíssimo não deixar alguns cuidados de lado. Neste post vamos falar um pouco sobre essa doença que afeta uma boa parcela dos brasileiros, bem como sua prevenção e causas.

O que é o câncer de pele?

Se consiste em um tumor que se forma por meio do crescimento desordenado de células que sofreram algum tipo de modificação genética. O diagnóstico é feito por meio de um exame denominado ABCD, que faz uma espécie de mapeamento das características das manchas presentes na pele.

Quais são os sintomas?

Alguns sinais podem ser percebidos em casa, através da identificação de algumas lesões. Entretanto o diagnóstico deve ser sempre feito por um médico. Quando perceber alguma pinta com as características abaixo, procure um dermatologista.

Sinais do câncer de pele

O auto-exame pode ser feito em casa. Para facilitar o processo, basta pedir para que alguém olhe suas costas e couro cabeludo. Caso encontrem manchas ou pintas, basta tirar uma foto e observar sua evolução.

Quando devo ir a médico?

Você deve ir ao dermatologista a partir da verificação de qualquer sinal, pinta ou ferida na pele. Nem sempre as alterações são sinônimos de câncer. Em alguns casos, o médico solicita acompanhamento para enxergar a evolução. Em estágios iniciais, a remoção cirúrgica é uma alternativa para pausar o crescimento do tumor.

O diagnóstico do câncer de pele é feito por um dermatologista ou oncologista. A partir do exame ABCD, o especialista se encarregará de estudar os sinais das manchas, bem como a cor, diâmetro e características mais acentuadas. Dependendo da situação, o tratamento se baseia em comprimidos, pomadas e quimioterapia em estágios mais  graves. Quanto mais cedo identificado, mais existem chances de cura.

Previna-se!

 

Pelos encravados x depilação: Saiba como evitar

Os pelos encravados são um dos maiores incômodos de mulheres e homens que fazem depilação. Além dessa sensação horrível, eles podem inflamar e ficarem doloridos, soltarem pus e ficarem esteticamente desagradáveis. Na maioria das vezes o problema está intrinsecamente aos métodos depilatórios, isso pode acontecer quando o pelo é retirado de forma inadequada. Fios espessos ou enrolados e localizados em regiões menos expostas como virilha e axila também sofrem com esse problema.

Foliculite tem tratamento, procure um dermatologista

Você pode e deve lidar com esse desconforto sem ter que deixar de lado o seu método de depilação de costume. Basta seguir algumas dicas espertas. Caso haja algum problema mais sério e os pelos encravados evoluem para a foliculite,é essencial que se procure um dermatologista.

O que devo fazer para evitar que os pelos encravem?

Esfoliação antes da depilação

Uma das maneiras mais eficientes de se fazer isso é preparar bem a pele para qualquer tipo de método, já que alguns sistemas depilatórios podem agredi-la. É interessante fazer uma esfoliação uns 2 dias antes de se depilar. É um procedimento que deixa a derme mais fina, facilitando a retirada dos pelos

Evitar exposição solar

Os raios solares podem potencializar o aparecimento da foliculite, pois a transpiração favorece as inflamações. Deste modo, sempre que for se depilar, espere, no mínimo, 48 horas para sair ao sol novamente.

Cuidados para prevenir pelos encravados

Cremes específicos

Alguns produtinhos são milagrosos e ajudam na recuperação e prevenção desse problema estético. Mas antes de utilizar qualquer creme, é imprescindível a consulta a um especialista para saber se há alguma restrição ao seu caso. Os antissépticos são extremamente utilizados para combater inflamações mais graves.

Troque de lâmina

Ao decorrer do uso, as lâminas perdem o corte e, além disso, podem acumular bactérias, piorando a situação dos pelos que já estão encravados. Por isso, troque-as com freqüência e use-as poucas vezes.

Higiene logo após a depilação

Assim que terminar, lave bem a região, preferencialmente com água fria e sabonete neutro que seja hidratante e ao mesmo tempo antisséptico, isso prevenirá proliferação de bactérias.

Agora que você já sabe com prevenir, é só seguir as dicas! Existem diversos métodos de depilação, o ideal é testar todos até encontrar um que se adeque ao seu tipo de pele. Entre em contato com a Clínica Estela Van Melis e conheça nossos procedimentos!

 

 

 

 

5 dicas para eliminar a celulite

Acabar com o efeito “casca de laranja” é o desejo de toda mulher, justamente por envolver sua auto estima. Sabe-se que 90% das mulheres sofrem com este problema estético. A boa notícia é que há solução e ela é viabilizada por meio de tratamentos e cuidados preventivos.

O que é celulite?

Inicialmente é preciso saber: O que é a celulite de fato? A resposta é simples: é uma espécie de preenchimento de gordura. A gordura é flácida e quando se acumula em locais onde há muitas fibras musculares, ela é comprimida e proporciona aquela impressão de que há vários caroçinhos na região. Segundo dermatologistas, a celulite ainda não tem cura, mas pode ser amenizada.

Separamos 8 dicas para você se livrar dessas “covinhas” presentes nas pernas e bumbum.

1- Hidratação do organismo é essencial

Para diminuir a celulite aparente é fundamental ingerir bastante água, já que ela auxilia na eliminação de toxinas e gorduras que tendem a se acumular debaixo da pele. #DicaEsperta: Para potencializar o efeito e diminuir o inchaço corporal, esprema de dois a 3 limões em 3 litros de água gelada. Beba o primeiro litro pela manhã, e o resto ao longo do dia.

2 – Melhore a circulação sanguínea por meio de massagens

As buchas e esponjas vegetais são verdadeiras aliadas a esfoliação da pele, ajudando a reduzir a flacidez e a aparência dos furinhos em algumas áreas. Aplique o sabonete de sua preferência e massageie com o sabonete durante dez minutos todos os dias. Após uma semana, diminua a freqüência alternando os dias para sentir a diferença

3 – Esfoliação com pó de café diminui a celulite

Tal processo aumenta o efeito da massagem realizada com esponja vegetal.

Modo de preparo: Pegue meio copo de café e misture com duas colheres de sopa de azeite virgem até obter uma mistura homogênea, massageie em movimentos circulares.

4 – Dieta saudável

O cardápio para diminuir a celulite se baseia em frutas, legumes e vegetais. O melhor jeito de preveni-las é substituir as calorias por alimentos saudáveis, ricos em vitaminas e proteínas.

5 – Perder o peso excedente

Já sabemos que a celulite surge debaixo das camadas de gordura. Para acabar com elas, o ideal é apostar nos exercícios físicos como caminhada, musculação e corrida.

A Clínica Estela Van Melis dispõe de tratamentos exclusivos altamente eficazes no combate à celulite.

Conheça um pouco mais:

EFFECT: É um aparelho emissor de radiofrequência que estimula a produção de colágeno. O Effect possui um aplicador com 5 ponteiros, sendo 3 faciais e 2 corporais. Este equipamento é indicado para os tratamentos de flacidez, acne, gordura localizada, estrias e rugas.  Possui um alto efeito terapêutico não invasivo e garante resultados visíveis que se mantêm a longo prazo.

ULTRAFOCUS: É um equipamento de ultrassom focalizado de alta intensidade (H1FU), desenvolvido para tratamentos estéticos de forma não invasiva. Utilizamos o Ultrafocus nos tratamentos de celulite, flacidez facial e gordura localizada. Contém dois aplicadores, um para face e outro para corpo. O resultado aparece de acordo com a profundidade da radiofrequência. A maior parte da celulite é eliminada entre de 12 e 18 semanas.

 

Tratamento estético eficiente e indolor

CARBOXITERAPIA: A carboxiterapia é um tratamento estético realizado através da infusão de gás carbônico em diferentes camadas da pele. Utilizamos este método em casos de celulite, pois a agulha é introduzida entre a pela e a camada de gordura. Já no tratamento de estrias, o gás carbônico é injetado no interior da cicatriz. Além disso, a carboxiterapia melhora a circulação e auxilia na queima de gordura local.

São diversas alternativas para acabar de vez com esse problema. Entre em contato com a gente e tenha sua auto estima de volta!